A árvore e o tigre

Porque não o tigre?

Já não é de hoje que muita gente, tanto de dentro quanto de fora da academia, pergunta qual o significado do símbolo da academia ter uma árvore, e não um tigre, como seria a lógica para o estilo Família Tigre Grande.
A verdade é que até bem pouco tempo atrás eu também não conseguia ver sentido em uma árvore representando nosso estilo. Mas como eu disse, até bem pouco tempo atrás.

O animal e o treino
O tigre é um dos animais chamados supremos. Ele tem força, velocidade, resistência e percepção. Quase tudo que um praticante de kung fu deve buscar para um desenvolvimento pleno. Não é da noite para o dia que uma pessoa se transforma em tigre. O caminho é progressivo, é uma escalada que a pessoa deve percorrer segundo seu próprio ritmo. Ou seja, existe um nível mínimo que uma pessoa deve ser capaz de desenvolver para ser um tigre.
No estilo T’ai hu Phai, a pessoa começa como iniciante, que é um treino que vai até o grau de instrutor, o que equivale a dizer que a pessoa ainda é uma criança no treino, depois, ele vai para a fase intermediária, que vai de instrutor até faixa preta, quando o aluno vira professor e passa para a terceira fase, aluno avançado, quando ele realmente começa a se desenvolver como tigre.

A árvore
Tudo que dissemos até agora é que, para de fato uma pessoa se comportar como tigre, é necessário muito treino antes. Um tigre é capaz de se defender, de atacar e de se esquivar. A árvore por outro lado, não.
Uma árvore já nasce desprotegida, conhece muito pouco do mundo e durante sua vida toda não foge de nenhum inimigo. Com toda a insegurança que cerca sua vida, ela se desenvolve firme, com a força necessária para não ser abalada por nenhuma adversidade. Mas esse desenvolvimento leva tempo.
Isso significa que, para quem pretende carregar um tigre no peito, a árvore é um estágio inevitável. É preciso aprender a defesa e a resistência, para depois aprender a percepção e o ataque.


Resumo da ópera
Ainda somos crianças do ponto de vista do treino. E se você reparar em crianças, verá que quando elas tentam se portar como adulto, ficam patéticas. Enquanto criança, aproveite para aprender, para ser curioso, para experimentar. Você é uma árvore, e até crescer, depende de muito alimento para sua seiva. Então, busque alternativas, e quando chegar a hora, sua metamorfose de árvore para tigre será natural, não forçada, como muitas vezes acontece.

E a academia?
A partir de agora, em nosso estilo o uniforme terá essa divisão. Durante a fase iniciante, o uniforme terá a árvore, representando tudo o que ele ainda precisa alcançar antes de virar tigre. A partir da fase intermediária, o tigre estampará o uniforme, mas isso não significará que você será um tigre formado, significará o início do real treinamento para que, um dia, você consiga chegar a ser uma das crias da Família Tigre Grande.

Anúncios

Uma resposta em “A árvore e o tigre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s